Os Políticos e os Debates

Como cidadão normal fico incomodado quando vejo os debates na Assembleia da República. Infelizmente percebo, e acredito que muitos concidadãos também, que não há, por parte de nenhum dos deputados, vontade de efetuar qualquer debate. O que se passa é um combate e não um debate. A confirmá-lo está o uso generalizado pela classe política da expressão “combate político”.

A expressão “combate político” define com precisão o que os nossos políticos fazem. Andam ao “estalo” verbal uns com os outros. Não procuram a luz, não procuram a inteligência coletiva que, com maior probabilidade, levaria este país por melhores caminhos. Não, estão a combater e quando se combate não se debate. O combate pressupõe a existência de um inimigo, a luta pela vitória com a consequente rendição ou aniquilação do perdedor.

Esta aproximação da política é danosa para nós e para o país. Da esquerda à direita, ninguém está à procura de soluções para os problemas. Estão à procura de ganhar os combates. E isso não é política, é guerra. É isso, estamos em plena guerra civil verbal, à procura de vitórias e não à procura da luz, da inteligência que proporcione a melhor solução para os problemas do País.

Um debate é algo completamente diferente. Num debate não se procura simplesmente atacar o outro só porque não estamos do mesmo lado. O modelo do debate não é o modelo do combate. No combate se alguém diz algo a outra parte tem que contradizer. Há uma procura pelo conflito e não por uma solução. É uma arena onde se trocam insultos. Já num debate:

• Queremos genuinamente compreender o problema;
• Não queremos derrotar a outra parte;
• Queremos chegar à verdade;
• Estamos (todas as partes envolvidas) à procura de soluções;
• E todas as partes ficarão felizes quando se chega à solução;
• É um jogo onde todos ganham, não é um jogo de soma zero;
• Só há vencedores!

Pergunto: quando é que os nossos políticos se dedicarão a debater em vez de combater?

Sobre Julio Garcia

Interessado em comportamento humano, marketing social, redes sociais, inteligência coletiva e como o design afeta o comportamento. Interest in human behavior, social marketing, social networks, collective intelligence and how the design affects human behavior.
Esta entrada foi publicada em Geral, Política com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s